quinta-feira, 23 de setembro de 2010

É tal o descrédito do Canto de Coimbra, que já nem a Universidade de Coimbra a ele recorre para sua promoção. Querem vê-lo como Património da Humanidade? Voltem a chamar-lhe Fado!
Texto do Diário as Beiras de hoje.

3 Comentários:

Blogger Ângelo Correia disse...

Mais uma vez, muito bem focado caro Octávio Sérgio. Quando tanto se insiste na descaracterização do Fado de Coimbra. Estas noticias são de facto desapontantes.

24 de setembro de 2010 às 00:40  
Anonymous Anónimo disse...

Os meus cumprimentos.
Os Responsáveis pela transmissão deste "estilo" dito canto de Coimbra,desde os anos 80 até hoje,(no seio da Universidade para os seus estudantes) não tem não querem ou não o conseguem "socializar", rompendo as amarras elitistas e conservadoras que o dito "canto" é envolvido.
Também a envolvencia de outras culturas particularmente a Africana, com sua Forte presença nos últimos 30anos,a par do desenvolvimento tecnológico, que rouba o tempo ao "tempo mínimo necessário" para que o dito canto se execute, Não me admiro que tenham recorrido a "outros estilos e estéticas musicais".
Para concluir, vá lá que foram buscar a Bacalhau, essa pelo menos sabe "modelar" a Voz.Olha se fossem buscar o "som dos Kuduro"

24 de setembro de 2010 às 03:24  
Blogger Fernando Paulo disse...

Meus amigos,
Se até a própria Rádio Universidade Coimbra trata mal a nossa canção ....
Se na nossa própria casa não mandamos, nem fazemos o nosso trabalhinho de casa ...

1 ab,
FPaulo

25 de setembro de 2010 às 16:18  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial