segunda-feira, 11 de outubro de 2010

ANÍBAL PINTO DE CASTRO - (1938-2010)

Entre o Diário de Coimbra, outros jornais da Região Centro e o Jornal de Notícias, quase tudo terá sido dito sobre este Mestre jubilado da FL/UC, desaparecido aos 72 anos na passada 6.ª feira, 8 do corrente.
Mas uma coisa não foi dita: o seu interesse pelo universo das Tradições Académicas em geral – por alguma razão chegou a presidir, julgo que pelos finais da década de 80, à Associação dos Antigos Estudantes de Coimbra – e pelo Canto e Guitarra de Coimbra em particular. A este último respeito, salientarei duas circunstâncias:

1. Em Janeiro de 1997 participou, na Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, na homenagem a Nuno Guimarães (1942-1973), a quem evocou enquanto poeta e enquanto estudante de Filologia Românica na FL/UC. O texto da sua intervenção saiu no pequeno volume Recordando Nuno Guimarães: o poeta, o músico, 1942-1973, coord. Francisco Barbosa da COSTA, Armando Luís de Carvalho HOMEM, Abel Morais COUTO, Gil GUEDES e José Ferraz de OLIVEIRA Vila Nova de Gaia, Câmara Municipal. 1997.

2. Em 1999 colaborou no duplo CD de José Mesquita, Coimbra dos poetas / Coimbra das canções, trovas e baladas, com um texto saído no desdobrável anexo e composto por uma série de notícias biográficas e literárias sobre os poetas portugueses aí cantados.

Porto, 11 de Outubro de 2010
Armando Luís de Carvalho Homem

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial